Outono – meu meio tempo, meu meio termo

Das coisas que eu ando preferindo:
Barulho de pássaros, abraços apertados e demorados, um dia de outono comum qualquer ensolarado e azul, sem euforia, sem muitas flores. Estou despedindo do cinza das chuvas, num período de transição a espera da primavera- minha estação preferida. Enquanto ela não vem, vou cuidando do terreno lá de dentro para receber suas cores, despedaçando com cuidado as folhas secas- o adubo em umidade precisa do sol. Já estou cada dia mais perto de mim mesma. Descansando da polinização e longe das quaresmeiras. Deixo o mel para depois, pois até as abelhas precisam de descanso… Vesti de mar demais e ele quase me engoliu por descuido. Preciso me dessalgar, tirar todo o sal, lambuzar de água doce. Aqui nessa praça, ainda podemos encontrar casais em sintonia, olhos no olhos e celulares de lado. O outono é intervalo. É meu meio tempo, meu meio termo. Até o amor se banha dessa calmaria. Junho: Só venha!

Anúncios

7 comentários

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.