Te cheirar, sei lá

Quem nasceu para sentir por todos os poros do corpo

não entende como ser indiferente ao que se sente.

É tudo tão urgente dentro da gente que nada, nada passa displicente.

Tudo tão sutilmente incrível.

Um olhar, um sorriso, um suspiro, um cheiro. Ah!, um cheiro.

Cheiro invisível, cheiro de café, cheiro de vento, de cheiro, de cor. Cheiro de cor. Cor de vida. Vida. Cheiro de beijo. Cheiro de abraço. Beijo no cangote. Devagar. Depressa. Molhado. Cheiro suado. Cheiro demorado. Sentido.

Sentindo.

Quem nasceu para sentir por todos os poros do corpo confunde tanto, ama tanto, odeia mais outro tanto.

É tanto tanto. Tanto pranto, tanto riso.

Tanta, tanta, tanta coisa dentro da gente que nasceu para sentir por todos os poros do corpo. Tanta coisa que eu vou te falar, te escrever, te cheirar, sei lá.

16 comentários

  1. e aqui encontro o verdadeiro cheiro de talento, cheiro de sensibilidade, cheiro de tanto ainda por escrever e sentir. cheiro de jamais desistir, cheiro de persistência, cheiro de começar e recomeçar. cheiro de viver. teu texto chegou e deu cheiro a manhã ensolarada que acolhe o cheiro do sol. o meu abraço.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe uma resposta para estevamweb Cancelar resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.