Estou paciente

Estou paciente. Cansei da espera pelo inesperado, sustos no peito me encurralando na contramão do tempo. Celular que toca insistente e me tira do eixo. Neste estado meu olhar é mais profundo, procuro vagarezas nas paisagens fixas. Um reclinar sobre o horizonte em busca do sol poente. Ele me chama. Desperta a anti curiosidade pelo advir, suspiro complacente, resignada. Meu tempo é de contemplação. Estou inerte ao futuro. Ele não mais me apavora. Nem sequer debocha dos meus dias com suas risadas cínicas e dentes afiados. Calo a aflição com gotas de chuva e cheiro de mato. Invento paisagens internas e posso flutuar. É um alívio. Estou paciente e pacientemente espero a fila, espero o dia, a notícia. Espero por quase nada porque sempre esperei por tudo. Tudo é intenso demais então busco me poupar. Estou paciente e por isso ando sumida do blog. Sinto falta deste espaço.

14 comentários

  1. Tenho uma relação de identificação com teus textos com uma intensidade que ultrapassa e desafia o horizonte. Continuo paciente (em todos os sentidos) e já não espero mais o próximo segundo. Sei que apenas depende de mim vivê-lo. Aqui quem sabe você encontra o seu tempo, pois a falta que faz é imensa é sentida. Muito afeto em um abraço tranquilo, com uma boa xícara de café e o caminhar por esse tempo.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.