Fios invisíveis – passado

Sentia-se cada dia mais presa aos fios invisíveis como se estivesse em um trem completamente descarrilado, tentando escapar.

Talvez o cabelo não crescesse porque ela sempre os cortava. Por óbvio! Mas ela precisa cortar os fios invisíveis que a ligavam ao seu passado. Ligava os fios ao cabelo, o tempo ao cabelo.

Alimentava assim, um passado que não podia esquecer, só crescer dentro dela, enquanto o cabelo de todo mundo no mundo crescia, menos o dela.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.